Nossa História

No dia 14 de maio de 1944, chega a Assaí o primeiro vigário Frei Epifânio. O.F.M (da Ordem dos Frades Menores), que passa a residir nesta cidade. Desta maneira a comunidade assaiense recebeu assistência espiritual contínua e permanente. Nesta data também foi aberto o livro de Batizados. A capelaauto

  • Nossa História

  • Programa Ecos de São José

  • Programa Oração da Ave Maria

  • Semana Santa 2018 - Programação

  • Cada Comunidade uma Nova Vocação

  • Campanha da Fraternidade 2018

Diocese participa de encontro nacional da PASCOM

A Pastoral da Comunicação da Diocese de Cornélio Procópio (PASCOM), participou em Aparecida São Paulo, do 4° Encontro Nacional da Pastoral da Comunicação, com  o lema: “Comunicação, desafios e possibilidades para evangelizar na era digital”. Realizado em dois e dois anos o evento fomenta as diversidades encontradas nas atividades no dia a dia.
Realizado de 24 a 27 deste mês, o encontro reuniu também jovens comunicadores. Palestras, seminários, fórum de discussões, acontecem para formar representantes das mais diversas dioceses do país, que buscam a linguagem formativa sob a ótica da comunicação.
A diocese de Cornélio Procópio enviou cinco representantes, sendo o padre Wagner Zacarias Rufino de Assaí, Herik Brevilheri coordenador Diocesano da PASCOM, Paulo Bueno assessor de imprensa e editor do jornal Páginas Católicas, Marcos Momesso e Renato Mussi.
Palestrantes de renome internacional como: padre Antonio Spadaro, SJ, diretor da revista Civiltà Cattolica, Daniel Cabaña, diretor do Centro Guadalupe da Rede Informática da Igreja na América Latina, Leticia Soberon, doutora em Comunicação pela Universidade Gregoriana de Roma, Elson Faxina, doutor em comunicação e coordenador nacional de comunicação da Pastoral da Criança participam na formação dos jovens. Dom Claudio Maria Celli, presidente do pontifício Conselho para as Comunicações Sociais participou por vídeo conferência de Roma, evidenciando a importância das novas tecnologias no processo de evangelização e comunicação.
A formação faz parte de todo o processo de comunicação, que aumenta a visibilidade das atividades da igreja, transformando essa ferramenta em um elo entre pastorais, movimentos e serviços. A complexidade só é eficaz quando a formação se junta com a evangelização, criando um instrumento funcional a serviço da igreja.
O avanço tecnológico proporciona diversos meios de evangelização, e não basta apenas falar por falar, escrever por escrever, temos que nos envolver como parte do meio, falar a mesma língua, nos inserir nessa rede.  A partir deste método nossas experiências serão fundidas nas plataformas midiáticas, incentivando a troca de experiência para a informação e formação.
Paulo Bueno
contador gratuito

Redes Sociais

Pastorais, Grupos, Movimentos e Comunidades

Destaques

Instituto Santa Paula