• Nossa Histria

  • Cada Comunidade uma Nova Vocao

  • Novena a Nossa S. do Perptuo Socorro

Nossa Senhora das Dores (Palmital)

Foi o Papa Pio X que fixou a data definitiva de 15 de Setembro, conservada no novo calendrio litrgico, que mudou o ttulo da festa, reduzida a simples memria: no mais Sete Dores de Maria, mas menos especificadamente e mais oportunamente: Virgem Maria Dolorosa. Com este ttulo ns honramos a dor de Maria aceita na redeno mediante a cruz. junto Cruz que a Me de Jesus crucificado torna-se a Me do corpo mstico nascido da Cruz, isto , ns somos nascidos, enquanto cristos, do mtuo amor sacrifical e sofredor de Jesus e Maria. Eis porque hoje se oferece nossa devota e afetuosa meditao a dor de Maria. Me de Deus e nossa.
A devoo, que precede a celebrao litrgica, fixou simbolicamente as sete dores da Co-redentora, correspondentes a outros tantos episdios narrados pelo Evangelho: a profecia do velho Simeo, a fuga para o Egito, a perda de Jesus aos doze anos durante a peregrinao Cidade Santa, o caminho de Jesus para o Glgata, a crucificao, a Deposio da cruz, a sepultura, portanto, somos convidados hoje a meditar estes episdios mais importantes que os evangelhos nos apresentam sobre a participao de Maria na paixo, morte e ressurreio de Jesus.

Diretoria da Capela

Coordenador(a):

Sergio T. Koyama

Vice coordenador(a):

Marina K. S. Koyama

Tesoureiro(a):

Satiko Shigueoka

Secretrio(a):

Sandra Caitano Alves

Links

Redes Sociais

Destaques

#FicaADica


Instituto Santa Paula