Nossa História

No dia 14 de maio de 1944, chega a Assaí o primeiro vigário Frei Epifânio. O.F.M (da Ordem dos Frades Menores), que passa a residir nesta cidade. Desta maneira a comunidade assaiense recebeu assistência espiritual contínua e permanente. Nesta data também foi aberto o livro de Batizados. A capelaauto

  • Nossa História

  • Agosto: Mês Vocacional

  • Liturgia

  • Programa Ecos de São José

  • Programa Oração da Ave Maria

  • Programa Anunciando Jesus

  • Ano Nacional Mariano - 2017

  • Setembro - Mês da Bíblia

  • Juntos com a CNBB pela Evangelização

Notícias

Jantar dançante da Pastoral Familiar

A Paróquia São José, por mio da Pastoral Familiar, realizará o tradicional Jantar Dançante. O evento acontece no dia 16 de setembro no Salão Ir. Francisco e Ir. Felícia (Salão Paroquial).
O jantar dançante é um momento de confraternização para a comunidade paroquial. O evento acontece em um ambiente familiar, com muito respeito e é um atrativo para todas as idades.
A animação do jantar será por conta do grupo Musical Miragem.
Maiores informações e reservas podem ser obtidas com os agentes da pastoral familiar ou pelo telefone: (43) 3262-4063.
Pascom Assaí

Reunião do Conselho Diocesano

Em Sertaneja, no sábado dia 12 de agosto, o Conselho Diocesano Pastoral realizou sua terceira reunião do ano, com o foco nos 500 anos da Reforma Protestante, promovendo uma discussão e reflexão do tema do Conflito à Comunhão.
Padre Rafael Direito, conduziu a palestra de formação, onde focou os 500 anos da Reforma Protestante. A vida de Martinho Lutero foi apresentada pelo Bispo Diocesano Dom Manoel João Francisco, que falou um pouco da vida e dos desafios encontrados por Lutero.
“O cristão vive não em si mesmo, mas em Cristo e no próximo. De outro modo ele não será um cristão”. Martinho Lutero.
Padre Rafael focou a importância desse momento para a igreja “Ano comemorativo, purificar e curar as memórias, restaurar a unidade cristã de acordo com a verdade do Evangelho de Jesus Cristo (Ef 4,4-6) ”. Falou Padre Rafael, aos participantes.
Celebrar os 500 anos da reforma protestante é importante para despertar uma comunhão mais profunda de todos os cristãos. É necessário iniciarmos os estudos para haver a compreensão, e compreendendo o dado histórico para favorecer a comunhão. O respeito é de extrema importância para aceitarmos esse momento de busca pela unidade.
Dom Manoel, lembra da importância do encontro do Conselho Diocesano, que representa os mais de 130 mil católicos da região que compreende a Diocese de Cornélio Procópio. A celebração dos 500 anos, passa pela organização desse momento de extrema importância para o diálogo cristão.
“Todos nós somos igreja, Padres são ás minorias, os Bispos menos ainda”. Lembrou Dom Manoel, ao pedir a verticalização das decisões dentro da igreja, um exemplo é o CPP, onde a vida da paróquia é decidida.
“Leigos e leigas não são simples executores de tarefas. Eles decidem juntos as atividades e ajudam no caminho da Igreja”. Concluiu Dom Manoel.
Fica evidente com a riqueza do tema apresentado, também desperta o interesse para dedicarmos nesse estudo, que pode ampliar os horizontes, fortalecer nossa fé e nos ensinar pelo diálogo e o amor.
Diocese Procopense

Coroação da Imagem de Nossa Senhora

Para comemorar a Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, celebrada em todo o Brasil no dia 20 de agosto, a Paróquia São José de Assaí através do Terço dos Homens, Movimento de Schoenstatt, Apostolado da Oração, Movimento Maria passa na Frente e Legião de Maria, organizaram o tríduo Mariano pela Paz no Mundo e a coroação da imagem de Nossa Senhora.
O tríduo aconteceu entre os dias 18 e 20 de agosto na igreja Matriz, com uma programação especifica para cada dia. O primeiro dia foi marcado pela realização das tendas de oração nas comunidades urbanas.   O segundo dia teve missa votiva a São José, esposo de Maria e Padroeiro da comunidade de Assaí. O terceiro e último dia foi marcado pela coroação da Imagem de Nossa Senhora.
Pascom Assaí

Palavra do Pastor - Dia dos Catequistas

No contexto do mês vocacional, no próximo domingo, dia 27, vamos rezar por todos e por todas as catequistas do Brasil. Naturalmente que a nossa atenção se direcionará de modo especial aos e às catequistas de nossa Diocese.
O ministério de catequista é um dos mais importantes e necessários na Igreja. Nos textos do Novo Testamento são chamados de doutores (At 13,1). São Paulo, numa classificação hierárquica, coloca-os em terceiro lugar. “E aqueles que Deus estabeleceu na Igreja são, em primeiro lugar, apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, doutores” (1Cor 12,28). Do tempo dos Apóstolos chegou até nós um pequeno catecismo chamado Didaqué ou Doutrina dos Doze Apóstolos.
Muitos bispos, lá no início da Igreja, faziam questão de exercer o ministério de catequista. São famosas as catequeses pré-batismais e mistagógicas de São Cirilo, bispo de Jerusalém (+386), de São João Crisóstomo, bispo de Constantinopla (+407), de Teodoro bispo de Mopsuestia (+428). Das catequeses de Santo Ambrósio, bispo de Milão (+397) restou-nos dois pequenos livros: um sobre os sacramentos e outro sobre os mistérios. Santo Agostinho (+430), atendendo o pedido do diácono Deogratias e vendo que outros catequistas passavam pelas mesmas dificuldades, escreveu um pequeno tratado teórico e prático sobre o modo de catequizar, intitulado: “A Catequese das Pessoas Simples”.

Leia mais...

Audiência leva centenas de pessoas ao salão Dom Bosco

A Audiência Pública, em Cornélio Procópio, sobre a Renovação do Pedágio, superou as expectativas. A participação popular, o empenho da sociedade civil organizada, a presença dos deputados e os esforços do Grupo Ubuntu, foi de extrema importância para expor aos participantes a atual situação do contrato entre a concessionária e o estado.
A iniciativa do Grupo Fé e Política Ubuntu de convidar a frente parlamentar para vir em Cornélio Procópio, possibilitou que os esclarecimentos fossem dados a população sobre a importância de não prorrogar, garantindo a possibilidade de uma nova licitação, com preço justo.
As discussões serviram para que o movimento cresça mais ainda e evite a prorrogação dos contratos de pedágios, que sangra o bolso dos paranaenses. Segundo o Deputado Tercilio Turini as pautas das reuniões serão levadas para serem discutidas em reuniões com outros parlamentares na Assembleia Legislativa do Paraná.
O Deputado Ademir Bier falou da importância de abrir a caixa preta do pedágio e divulgar os dados reais do que hoje é faturado pelas empresas. O deputado ainda afirmou que o Tribunal de Contas do Estado do Paraná, está analisando todos os contratos e fiscalizando os cumprimentos das metas.
Dom Manoel João Francisco pediu o empenho dos deputados para colocar um fim neste atual contrato, que tanto explora os motoristas em todo o estado.
Paulo Bueno

Palavra do Pastor - Vocações

Chegamos ao mês de agosto. Na Igreja católica do Brasil este é o mês em que se reflete e se reza pelas vocações. No primeiro domingo roga-se pela vocação aos ministérios ordenados: bispos, padres e diáconos. No segundo domingo, dedicado aos pais, reza-se pela vocação à paternidade e à maternidade. O terceiro domingo é dedicado à vocação à vida consagrada dos religiosos e das religiosas. E, finalmente no último domingo os católicos são convidados a rezar pela vocação aos diversos ministérios leigos, mas de modo especial, pelo ministério das/os catequistas.
Vocação é uma palavra de significado amplo. Em primeiro lugar significa o chamado à vida feito por Deus a cada um de nós. Poderíamos não ter nascido. Eu, por exemplo, sou o sexto filho de uma família bem numerosa. Meus pais poderiam ter se contentado com cinco. Eles já tinham muito o que fazer com meus irmãos mais velhos. Mesmo assim permitiram que eu viesse à vida. Numa perspectiva de fé vejo, nesta permissão e aceitação de meus pais, a mão de Deus. Foi ele que por desígnio benevolente de sua vontade, desde toda a eternidade me predestinou a ser seu filho (cf. Ef 1,5). Além do chamado à vida, Deus nos chama também para a santidade. Conforme nos ensina São Paulo, “a vontade de Deus é que sejamos santos” (1Ts 4,3). Santidade, portanto, não é apanágio de alguns, mas vocação de todos. À vocação à santidade cada um responde num determinado estado de vida: muitos como leigos e leigas, outros como consagrados e consagradas na vida religiosa e outros ainda assumindo ministérios ordenados na Igreja, alguns como bispos, vários como padres e alguns como diáconos.

Leia mais...

Festival de Prêmio do Santuário

A comunidade do Santuário Santa Paula realiza neste domingo (06 de agosto), a partir das 14h00min, no Salão Paroquial Ir. Francisco e Ir. Felícia, o tradicional festival de prêmios.
As cartelas estão sendo vendidas pelos agentes de pastorais da comunidade e na secretaria paroquial. O valor da cartela é de R$15,00.
O festival terá 4 prêmios em dinheiro, sendo o primeiro no valor de R$2.000,00 (dois mil reais), o segundo de R$1.000 (um mil reais) e o terceiro e quarto prêmios no valor de R$500,00 (quinhentos reais) cada.
Os organizadores aproveitam para agradecer aos patrocinadores: Barbosa Alfaiate, Cooperativa Integrada, Pizzaria Supimpa, Rede Martins, Roberto Supermercado e Sato Super.
Pascom Assaí

CEAP realiza tradicional leilão de São José

Na tarde deste domingo (30/07) a Paróquia São José, por meio do Conselho Econômico e Administrativo Paroquial, realizou o tradicional leilão de São José. O leilão é possível graças à doação de vários benfeitores que contribuem com diversos animais e também dando lances e arrematando. Neste ano toda a renda arrecadada no leilão, que deverá ser divulgado nos próximos dias pelo CEAP, será revertida para despesas com a manutenção da Igreja Matriz, casa paroquial, salões e centro catequético.
O pároco, Pe. Roberto Fornoni, abençoou o evento e todos os participantes, aproveitou ainda para agradecer a colaboração dos doadores, dos participantes e o emprenho dos agentes de pastorais que contribuíram para que o leilão se realizasse. O coordenador do CEAP, Sr. Leonizio Zamparo, também expressou gratidão a todos que ajudaram a tornar o leilão possível.


Pascom Assaí

Estágio Vocacional em Peabiru

Aconteceu nesse final de semana, 28, 29 e 30 de Julho de 2017, no Seminário Menor e Propedêutico de Peabiru-PR, o Estágio Vocacional.
Um momento muito frutuoso no caminho de discernimento vocacional para adolescentes. O encontro contou com a presença de quatorze (14) adolescentes dispostos a deixar a voz de Deus falar ao coração. Sete (7) dos participantes do estágio são da comunidade paroquial de Assaí.
Peçamos a Santa Paula Elisabete que possa interceder junto a Deus, que é Pai, que possa olhar a esses adolescentes na sua escolha e discernimento vocacional.
O atual formador do seminário menor e propedêutico é o Pe. Adailton.
Com informações de: www.csfbrasil.com.br

Palavra do Pastor - Reino de Deus

O Evangelho que vai ser proclamado no próximo domingo convida-nos a fazer do Reino de Deus nossa prioridade de vida. Qualquer outro valor deve passar para segundo plano, diante deste “tesouro” ou desta “pérola de grande valor” que é o Reino de Deus.
Para compreendermos melhor o que Jesus quer nos ensinar, parece-me importante aprofundar o que realmente significa a expressão “Reino de Deus.
No tempo de Jesus a expectativa do Reino de Deus era muito viva, por isso na sua interpretação, havia diversas correntes de opinião. A novidade de Jesus consistiu em dizer que o Reino de Deus já havia chegado e que não se identificava com nenhuma opinião em voga naquela época. Não foi fácil para Jesus propor um novo significado para a expressão “Reino de Deus” e fazer com que o povo e os discípulos compreendessem que se tratava de algo muito mais profundo, que exigia conversão das pessoas e transformação radical da sociedade, no sentido do amor a amigos e inimigos e da superação de todos os elementos contrários ao ser humano e a Deus.

Leia mais...

Novo seminarista

O Jovem José Antonio Manoel Vieira, de 19 anos de idade, paroquiano da comunidade assaiense, decidiu fazer uma experiência mais intensa de discernimento vocacional. O mesmo inicia hoje (25/07) uma caminhada no Seminário Menor e Propedêutico da Congregação da Sagrada Família, em Peabiru-PR.
O anuncio do novo Seminarista foi feito pelo Padre Alexandre Surdi durante a missa das 19h30min do domingo (23/07), que pediu a comunidade orações para o jovem José que vai se dedicar ao serviço da nossa Igreja como futuro padre.
José inicia seus estudos no Seminário na etapa do propedêutico, que é uma etapa introdutória e de preparação para os estudos filosóficos em 2018.
José se junta ao Seminarista Otávio, que até então era o único seminarista de Assaí. O Sem. Otávio está no terceiro ano de Filosofia e é aspirante ao noviciado em 2018.
A Paróquia São José de Assaí, deseja aos dois jovens seminaristas muita sorte na busca de seus objetivos, especialmente nesta vocação de se torna mais um servo da nossa Igreja.
Pascom Assaí

Palavra do Pastor - Joio e trigo

Vive-se hoje entre duas tendências opostas e excludentes: a do relativismo absoluto e a da intolerância absurda. As conseqüências tanto de uma quanto de outra serão a anarquia e a violência.
Christian Smith, professor de sociologia na Universidade de Nôtre Dame, nos EUA publicou um livro intitulado Lost in Transition: the Dark Side of Emerging Adulthood (Oxford University Press).= Perdidos na Transição: O lado escuro dos adultos emergentes.
Trata-se de uma pesquisa com jovens de 18 a 23 anos. O primeiro capítulo intitula-se À deriva moral. Nele aparece que os jovens têm uma visão muito individualista da moral. Eles acham que ninguém pode ser moralmente julgado. Todos têm direito a opiniões pessoais. Segundo esta postura algumas ações são adequadas e outras menos adequadas. Não se pode dizer, porém, que algo seja objetiva e moralmente bom ou mau. A idéia de que a moral é uma construção da sociedade e da cultura pode chegar tão longe que, num debate, um jovem não exprimiu juízo negativo sobre a escravidão. Outro defendeu a retidão moral dos terroristas que causam a morte de multidões. “Eles (os terroristas) são assim, fazem o que acham que é melhor, por isso fazem o bem”.

Leia mais...

Pagina 1 de 17

Redes Sociais


Pastorais, Grupos, Movimentos e Comunidades

Destaques

Instituto Santa Paula