• Nossa História

  • Programa Ecos de São José

  • Programa Oração da Ave Maria

  • Cada Comunidade uma Nova Vocação

  • Campanha da Fraternidade 2020

  • PASCOM

  • Missas nas TVs Católicas

  • Novena a Nossa S. do Perpétuo Socorro

São Benedito (Vila Ramalho)

São Benedito, chamado  de Santo Preto, nasceu na aldeia de São Fratelo, Itália, em 1524 ou 1526 para alguns. Seus pais Diana e Cristovão, escravos, graças a sua imensa bondade, tiveram permissão para que tivessem filhos livres. Tiveram 4: Benedito, Marcos, Baldassa e Fradella.
Benedito, desde a infância começou a temer a Deus e guardar seus mandamentos, mortificando seu corpo e reduzindo-o ao serviço do espírito.  Nos joelhos da mãe aprendeu a rezar e as primeiras noções de catecismo.  Cresceu ouvindo os pais falarem de Deus, da Eucaristia e de Maria.
Sentindo-se totalmente ligado ao serviço de Deus, ainda bem jovem, vendeu o que tinha, distribuiu aos apurados pobres e retirou-se para uma vida solitária. Tendo o Papa Pio IV ordenado que todos os religiosos eremitas da Ordem de São Francisco se recolhessem a uma Ordem Religiosa aprovada. Movido por uma inspiração, foi a Palermo, onde se recolheu ao Convento de Santa Maria de Jesus.
Humilde irmão leigo, sempre estava ocupado em todos os serviços do convento e sempre com ânimo alegre. Frequentemente elevado na contemplação das coisas divinas, mereceu de Deus ser favorecido com dons especiais e graças divinas. Embora irmão leigo, iletrado, foi eleito superior do Convento, e dava lições sobre as Sagradas Escrituras, deixando a todos maravilhados.
Tornou-se também conselheiro de mestres, cardeais, vice-reis, religiosos e leigos, ricos e pobres. A fama de santidade de São Benedito – o frei cozinheiro – é confirmada e espalhada pelo mundo todo. Antes mesmo de sua canonização já era grande e fervorosa a devoção por ele no Brasil.
Aos 63 anos adoece mortalmente, fortalecido com os sacramentos, e depois de ter predito a hora de sua morte, entregou sua alma ao criador no dia 4 de abril de 1589.
O Papa PIO VII, depois da comprovação de muitos milagres, num processo que durou mais de duzentos anos,  inscreveu-o entre solenes festejos no Catálogo dos santos em 25 de maio de 1807. O povo porém, antecipou-se e, muito antes, prestou-lhe as honraria de santidade.

Diretoria da Capela

Coordenador(a):

Ivo Tragueto

Vice coordenador(a):

Eliezer Alves

Tesoureiro(a):

Maria Ferreira de Souza

Secretário(a):

Claudinei Dainezi

Reunião da Capela São Benedito Realizada dia 04/12/2013

A comunidade São Benedito realizou na noite do dia 4 de dezembro uma importante reunião presido pelo Pároco, Pe. Wagner Zacarias Rufino. O Objetivo da reunião foi atualizar a comunidade acerca da Assembléia Geral Paroquial ocorrida no dia 1 de dezembro e proceder a eleição da nova coordenação. Antes o Pe. Wagner fez um formação apontando sobretudo pára a necessidade de existir o Conselho Pastoral Comunitário em todas as comunidades, sendo este um órgão vital para o crescimento da comunidade que, por sua vez, não pode perder o elo com a Igreja Mãe (Matriz).

A reunião foi tida muito importante por todos os presentes.

Em seguida procedeu-se as eleições com o seguinte resultado:

Coordenador  - Sr. Eliezer Alves

Vice Coordenador- Alicio Maria

Secretário- Claudinei Dainezi (Nei)

Vice Secretário- Antonio Durval

Tesoureira – Marcia  Regina Nery

Vice Tesoureira –Maria Aparecida Souza (Lia)

 

Nesta mesma reunião foi também indicado os responsáveis pelos serviços pastorais presentes na comunidade:

 

Pastoral do Dizímo- Lourdes de Oliveira

Pastoral de Liturgia- Marcia R. Nery

Pastoral de Catequese- Marcia R. Nery

Movimento Terço dos Homens- Antonio D. Alves

Grupo de Reflexão- Maria A. Souza

Movimento das Capelinha da Mãe Peregrina- Fatima C. Maria

Ministério de Música- Edgard de Freitas Jr

Redes Sociais

#FicaADica


Destaques

Instituto Santa Paula