• Nossa História

  • Programa Ecos de São José

  • Programa Oração da Ave Maria

  • Mês Mariano

  • Cada Comunidade uma Nova Vocação

  • Campanha da Fraternidade 2020

  • Ressuscitou, como disse, Aleluia!

  • 1º Santo Rosário Virtual

RESSURREIÇÃO E VIDA NOVA

“Eis o dia que o Senhor fez para nós! Alegremo-nos e nele fiquemos felizes” (Sl. 118, 24).

As notícias trazidas a nós pelos evangelistas convergem em dois pontos. Na manhã de Páscoa algumas mulheres foram ao sepulcro de Jesus e o encontram vazio (Lc.24,1-3) e Jesus ressuscitado apareceu diversas vezes a vários discípulos ( Jo.20,19) Assim, encontramos nos santos evangelhos as raízes da nossa fé na ressurreição de Jesus e os motivos de alegria que perpassa todo o Tempo Pascal que agora iniciamos e propomos vivenciá-lo intensamente.

A festa da Páscoa é a solenidade que a Igreja vive com um fervor especial, porque nela se celebra o ponto alto da obra redentora realizada por Cristo e é o fundamento da existência de todas comunidades cristãs. A ressurreição do Senhor, base firme de nossa fé e razão maior de nossa vida cristã, é um convite constante à plenitude da vida que desejamos alcançar.

 

O Tempo Pascal compreende os domingos a partir do domingo da Ressurreição até o domingo de Pentecostes. É o tempo batismal por excelência. Pelo batismo participamos da morte e ressurreição de Cristo, percorrendo na vida um caminho de conversão e libertação.

 

A Igreja nos apresenta o Tempo Pascal como um ponto central da espiritualidade cristã. Somos chamados a assumir uma vida de intimidade e de  seguimento de Jesus ressuscitado e participar do mistério de sua vida e ressurreição. A missão a que somos chamados a realizar  na comunidade onde trabalhamos é a própria missão de Jesus, o Senhor ressuscitado. É Ele que impulsiona nossa vida com a força de seu espírito e faz acontecer a expansão do Reino entre os homens. Nossa missão, como a de Jesus, deve ser portadora de vida, vivida na esperança, nos impele à capacidade de morrer, de diversas maneiras, para que Cristo  possa ressuscitar em nós e no povo de Deus.

Viver a vida de ressuscitado é ouvir a Jesus Redentor, procurar assimilar sua palavra e através dela renovar a vida. No Tempo Pascal vivenciamos o aprofundamento do mistério da vida nova e eterna. Não precisamos esperar os fins dos tempos: somos chamados a levar uma vida de ressuscitados deste já.

Desejo a todos uma vivência profunda da alegria pascal. Que Jesus vivo entre nós fortifique a fé, dê esperança e fortaleça o amor entre nós, ilumine a nossa caminhada e desperte o amor nos corações de todos. De fato, a verdadeira alegria pascal não se limita a um dia. Ela começa com a vigília pascal, marca intensamente o dia da Páscoa, depois, prolonga-se durante 50dias. Eis o tempo pascal. E mais , ao longo todo o ano, somos convidados a reavivar o mistério pascal, cada semana, no dia do Senhor nas liturgias dominicais. Celebramos,irmãos, os cinqüenta dias depois da Páscoa, como um grande Domingo, como se fosse um só dia de festa, alegremente prolongada.

Dom Getúlio Teixeira Guimarães, SVD

Bispo da Diocese de Cornélio Procópio

contador gratuito

Redes Sociais

#FicaADica


Destaques

Instituto Santa Paula