Abertura do Encontro Nacional da Pastoral da Juventude

Nossa História

No dia 14 de maio de 1944, chega a Assaí o primeiro vigário Frei Epifânio. O.F.M (da Ordem dos Frades Menores), que passa a residir nesta cidade. Desta maneira a comunidade assaiense recebeu assistência espiritual contínua e permanente. Nesta data também foi aberto o livro de Batizados. A capelaauto

  • Nossa História

  • Programa Ecos de São José

  • Programa Oração da Ave Maria

  • Semana Santa 2018 - Programação

  • Cada Comunidade uma Nova Vocação

  • Campanha da Fraternidade 2018

Abertura do Encontro Nacional da Pastoral da Juventude

a
O 11º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude começou com uma linda celebração a beira do Rio Negro. Cinco bispo, dezenas de padres e religiosos e religiosas, celebraram, rezaram, confraternizaram celebrando o “encontro das aguas, partilhando a vida, o pão e a utopia. A acolhida das famílias está sendo uma experiência que está marcando os delegados. Os pais adotivos, assim chamados, estão em uma acolhida magnifica. Foram muito ovacionados quando mencionado pelos organizadores, e também pelo bispo que fez a homilia. A participação dos delegados neste primeiro momento foi de uma alegria, atenção e disposição para a semana de trabalhos de 12 horas diárias. Dom Eduardo Pinheiro da Silva foi aplaudido quando ressaltou que naquele momento os jovens representavam todos os jovens inseridos ou não na Igreja. Ao final da celebração uma grande festa foi celebrada quando a coordenadora nacional da Pastoral da Juventude, declarou aberta o ENPJ. Em terras Manauaras vamos continuar os trabalhos, os encontros e reencontros de muitos jovens, assessores, padres e religiosos dedicados a causa da Juventude. E que Deus abençoe este momento histórico da PJ. E que assim seja, amém, Awere, axé, aleluia. (Rafael Amaral).
contador gratuito

Redes Sociais

Pastorais, Grupos, Movimentos e Comunidades

Destaques

Instituto Santa Paula