• Nossa Histria

  • Cada Comunidade uma Nova Vocao

  • Novena a Nossa S. do Perptuo Socorro

Catequese

O Verbo catequizar significa fazer ecoar aos ouvidos (Katekko). Da o sentido com que empregado no Novo Testamento: instruir, informar, transmitir, ensinar de viva voz. Enfim o termo Catequese no Novo Testamento, significa dar uma instruo a respeito da f. A Catequese, de fato, tem por objetivo ltimo fazer escutar e repercutir a Palavra de Deus (cf CR 31).
Historicamente a Catequese vestiu vrias roupas para oferecer uma caminhada de crescimento da f:
  • No incio da Igreja, caracterizou-se como iniciao f e vida na comunidade.
  • De 500 a 1.500, Idade Mdia, como processo de imerso na Cristandade.
  • A partir de 1.500, como instruo, onde a preocupao maior era a clareza da doutrina.
  • Em nossa poca, foi se redescobrindo na catequese a importncia da iniciao crist e o seu lugar na comunidade de F. A catequese comea a se caracterizar como Educao Permanente da F. Inclusive comeamos a cham-la de Catequese Renovada.
A Catequese um processo de educao da f:
  • Em comunidade porque algo que vai se realizando aos poucos, num caminhar na comunidade, em busca de uma sociedade fraterna e justa.
  • A catequese dinmica porque est sempre atenta s situaes histricas e sociais da nossa realidade.
  • A catequese sistemtica porque organiza uma programao para facilitar o conhecimento das verdades da f, da Palavra de Deus e do magistrio da Igreja.
  • A catequese permanente porque passa por todas as etapas e por todas as faixas de idade.
O Documento Catechesi Tradendae n. 21 nos ensina que a Catequese tem como tarefa a iniciao crist integral e sistemtica na f, aberta a todos os aspectos da vida crist, motivando os catequizandos adeso a Jesus Cristo.
Catequese diferente de evangelizao que o primeiro anncio do evangelho e nos leva converso. A catequese tem como tarefa a iniciao global e sistemtica da f. Por meio da catequese assimilada a doutrina e as verdades da f que levam a um contato vivo com Cristo, tanto na dimenso pessoal como na dimenso da comunidade crist. No algo improvisado, mas tem um programa completo, integral e aberto a todos os aspectos da vida crist (CT 21).
Objetivo da Catequese
Aprofundar o primeiro anncio do Evangelho, levando o catequizando a conhecer, acolher, celebrar e vivenciar o mistrio de Deus, centrado na pessoa de Jesus Cristo, que nos revela o Pai e nos envia Esprito Santo, conduzido a uma entrega do corao a Deus, comunho com a igreja, ao compromisso de transformao da sociedade, como um autntico discpulo missionrio frente aos desafios do mundo atual (DGC 80-81) .
Justificativa
Os desafios que apresentam a situao da sociedade, requerem identidade catlica mais pessoal e fundamentada. O fortalecimento dessa identidade passa por uma catequese adequada que promova a adeso pessoal e comunitria a Cristo. Para isso, a catequese no pode se limitar a uma formao meramente doutrinal, mas precisa ser uma verdadeira escola de formao integral, que leve crianas, jovens e adultos a cultivar a amizade com Cristo na orao, leitura e meditao da palavra Deus, experincia comunitrio e litrgica, servio aos irmos e, fundamentos de uma catequese permanente. Por isso assumimos como compromisso, propiciar atravs de cursos e encontros a nvel diocesano, setorial e paroquial, formao que capacite coordenadores e catequistas para o exerccio do Ministri

Com a finalidade de obter dados concretos sobre os catequistas no Brasil, e de como est sendo sua presena nas parquias, dioceses e Regionais, que a Comisso Episcopal Pastoral para a Animao Bblicocatequtica, da Conferncia Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), montou uma plataforma para cadastrar os catequistas do Brasil atravs do site da CNBB.
A proposta nasce da necessidade de termos um banco de dados da catequese, que possa contribuir na dinamizao do trabalho de evangelizao, explicou a assessora da Comisso, Ceclia Rover.
As informaes deste cadastro de catequistas sero processadas e permitiro a elaborao dos distintos projetos de evangelizao com maior aproveitamento, partindo de uma realidade concreta de cada regio.
importante que voc, catequista, faa o seu cadastro, na certeza de que est contribuindo para o crescimento do saber catequtico em vista de uma catequese que forma para o discipulado, sublinhou o presidente da Comisso Episcopal Pastoral para a Animao Bblico-catequtica, dom Jacinto Bergmann, que arcebispo de Pelotas (RS).

Primeira Eucaristia: Sacramento do Amor

Na manh deste domingo, 20 de maio; a comunidade Catlica Assaiense tem muitos motivos para festejar; na Parquia So Jos foi ministrado com a solenidade que o momento exige, o Sacramento da Primeira Eucaristia; sacramento deixado pelo prprio Jesus, 108 crianas, adolescentes e jovens; como sinal de graa e de presena do Cristo Ressuscitado no meio de ns. Mais uma etapa alcanada na caminhada da busca de crescimento da f num trabalho em conjunto de catequistas, pais e comunidade; no intuito de fazer o anuncio desse primeiro Amor por cada um de ns; principalmente no meio familiar e tambm em meio sociedade. Com a experincia de comungarmos do Corpo e Sangue de Jesus Cristo nos unimos a Ele e assim formamos um s Corpo.
Eucaristia ao de graas; vivenciar o louvor em agradecimento Deus; sinal de bnos que recebemos do cu atravs do Esprito Santo; fruto do amor de Deus Pai e Deus Filho por cada um de ns. Um sinal de unidade esse Cristo que vive e reina no meio de ns. Jesus Cristo fonte de vida e salvao.
E com grande alegria toda comunidade partilha dessa graa e comunga com os catequizando desse grande sacrifcio de adorao, graa e louvor.
Que Jesus preencha os coraes de cada catequizando e de suas respectivas famlias a fim de que ao mantenham firmes na f , na alegria, na perseverana das lutas do dia-a-dia e na comunho de amor para com o prximo com esprito renovado de paz e fraternidade.

Pascom - Lcia Hayashida

Crisma

No dia 15 de novembro passado 112 jovens receberam o sacramento da crisma em nossa parquia. Depois de cinco anos de preparao e muito empenho e dedicao de nossos catequistas esse momento to esperado por todos enfim chegou.
No devemos confundir a crisma (que um sacramento), com o crisma (que o leo para ungir). Crisma uma palavra que vem do grego, e aparentado com o nome Cristo (isto ,ungido). O crisma consagrado pelo Bispo na quinta-feira santa.
Nos primeiros sculos do cristianismo, a crisma era administrada ordinariamente logo depois do batismo, sendo chamado tambm de confirmao. Na crisma, Jesus Cristo nos torna cheios do Esprito Santo, que nos assiste afim de que saibamos confessar a nossa f com constncia e convico, e defend-la com coragem.
Ele deve dar-nos fora, para a luta contra os inimigos da nossa salvao: o demnio, as ms inclinaes que esto dentro de ns, e de nos tornarmos capazes de cooperar na salvao do mundo.
Pela graa da crisma tornamo-nos soldados de Jesus Cristo. A crisma por assim dizer o acabamento do batismo. A palavra confirmao, sinnimo de crisma, significa justamente: corroborao, fortalecimento.
O crisma imprime em nossa alma um sinal indelvel chamado carter. Este sinal como que o selo de que somos soldados de Cristo e cooperadores do seu reino. E com a fora do Esprito Santo, ns poderemos cumprir a nossa misso de crismados.
Toda pessoa batizada deve tambm receber a crisma. Quem no recebe por culpa prpria, peca por fazer pouco caso do Esprito Santo e de seus dons. Embora, h que se ressaltar que o crisma no absolutamente necessrio para a salvao.
No sejamos mais crianas jogadas pelas ondas, e levadas para c e para l por qualquer vento de doutrina, merc da astcia dos homens, e da sua insidiosa malcia a servio do erro, mas pelo contrrio, atendo-nos verdade, cresamos em todos os sentidos pela caridade, para sermos como aquele que cabea, Cristo(Ef 4,14 15).

Pagina 2 de 3

Links

Redes Sociais

Destaques

#FicaADica


Instituto Santa Paula